Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia
Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Por Jéssica Antunes*

Uma microempresária morreu no último sábado (13), dias após ter passado por um procedimento cirúrgico estético nos glúteos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Fernanda de Assis chegou ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, zona oeste do Rio, com lesões nas nádegas.

Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Em um vídeo no Facebook, o companheiro de Fernanda disse que a mulher morreu de insuficiência respiratória aguda e embolia pulmonar.

Oliveira Atacarejo

“Ela já tinha feito esse procedimento uma vez. Na segunda ela esperou eu sair de casa e fez escondido porque eu disse que não queria. Na sexta-feira, ela já acordou passando mal e pediu para levar ela ao hospital. Só de o médico olhar para ela no hospital, já mandou internar”, explicou Alex Fernando, ao lado de amigos, familiares e um pastor.

O marido também contou que uma grande ferida se abriu nos glúteos de Fernanda em casa, mas a microempresária se recusava a ir ao pronto-socorro. “Vocês mulheres que têm certa vaidade: [saibam que] tem um preço a ser pago. A Fernanda pagou com a vida. Tomem cuidado com o que vocês vão fazer”, disse.

Suborno

Na mesma gravação, Alex Fernando revela aos amigos que a pessoa que fez a cirurgia em Fernanda está oferecendo R$ 1 milhão para que ele não a entregue à polícia. “Ela está me oferecendo tudo para eu não falar”.

*Estagiária sob supervisão de Vitor Abdala
Edição: Lílian Beraldo

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560
ALE-RO