Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia
Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

O valor da conta de energia dos rondonienses tem gerado muitas reclamações. Neste mês, os consumidores estão recebendo a fatura com o reajuste retroativo ao período que ele esteve vigente a liminar da Justiça, impedindo que fosse aplicado o reajuste de até 27,5%, autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Por conta das reclamações, a Energia, concessionária de energia em Rondônia, esclarece que a cobrança que os consumidores estão recebendo não ultrapassa R$ 25 e ainda que, neste ano, vai investir R$ 470 milhões em melhorias da rede de distribuição.

Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Confira a nota na íntegra: 
Em cumprimento à decisão do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) que suspendeu a liminar que impedia o reajuste na tarifa de energia em todo o estado de Rondônia, a Ceron informa que, a partir de 16 de janeiro, os clientes estão recebendo a fatura de energia elétrica com o reajuste calculado e divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 13 de dezembro de 2018.

Oliveira Atacarejo

Apenas nesta fatura está contabilizado o consumo referente ao período em que a liminar esteve em vigor – de 21 de dezembro/2018 a 16 de janeiro/2019. Para cerca de metade dos clientes, esse valor não ultrapassa R$ 25. A decisão da justiça federal preserva e respeita a legislação vigente do setor elétrico e está sendo cumprida conforme determinado pela Aneel.

A Ceron informa ainda que, em 2019, vai investir R$ 470 milhões em melhorias da rede de distribuição, reiterando o seu compromisso com a população de Rondônia de oferecer energia segura e de qualidade, contribuindo para o conforto dos seus clientes e com o desenvolvimento econômico da região.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560