Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia
Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Câmeras de segurança registraram o momento que uma mulher de 47 anos pede ajuda para os vizinhos depois que o ex-marido tentou matá-la na noite de quinta-feira (25), em Sobradinho, no Distrito Federal (vídeo acima). As imagens mostram a vítima, de 47 anos, que sai pela porta de casa e corre pela rua.

Oliveira Atacarejo

A tentativa de feminicídio aconteceu pouco depois das 21h. O vigilante Júlio César Villanova, de 55 anos, jogou ácido e tentou atirar na ex-mulher, mas a arma usada por ele falhou.

Cássia Regina da Silva foi socorrida e levada para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e segue internada em estado gravíssimo. Ela mulher sofreu queimaduras de 3°grau, provocadas pelo ácido, no rosto, no tórax e nas pernas.

Segundo a Polícia Civil, o vigilante Júlio César Villanova, 55 anos, jogou ácido na ex-mulher e se suicidou em seguida — Foto: Arquivo pessoal

Segundo a Polícia Civil, o vigilante Júlio César Villanova, 55 anos, jogou ácido na ex-mulher e se suicidou em seguida — Foto: Arquivo pessoal

Até a última atualização desta reportagem, Cássia estava entubada, sedada e respirando por aparelhos. Júlio César cometeu suicídio.

De acordo com a Polícia Civil, que registrou o caso como tentativa de feminicídio, o vigilante planejou a morte de Cássia. Os dois viveram juntos por 15 anos.

Ácido

Na manhã desta sexta-feira (26), o Corpo de Bombeiros do DF foi até a casa de Cássia para retirar o ácido jogado pelo vigilante em vários cômodos. De acordo com a corporação, muitos objetos ficaram contaminados.

Ácido ficou espalhado por toda a casa — Foto: Foto: CBMDF/Divulgação

Ácido ficou espalhado por toda a casa — Foto: Foto: CBMDF/Divulgação

O Grupamento de Proteção Ambiental também atuou na ocorrência. O material encontrado foi levado para o Instituto Brasília Ambiental que ficou responsável pelo descarte.

Estado gravíssimo

A mulher de 47 anos está internada em estado gravíssimo no Hospital Regional da Asa Norte. A mulher sofreu queimaduras de 3°grau no rosto, tórax e pernas.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560