Polícia prende quadrilha que aterrorizava zona rural de Ji-Paraná, RO

Três suspeitos foram presos durante ação que foi frustrada pela ação pronta e eficiente da polícia militar.

252
Super Ótica, Fone: (69) 3451-2164

Já faz algum tempo, que a polícia vem registrando índices considerados altíssimos de roubos e furtos na zona rural dos municípios da região central de Rondônia. As quadrilhas inclusive, usam de violência extrema, física e psicológica contra as vítimas.

Na noite da última sexta-feira, dia 17 de maio, depois te montar campana numa propriedade rural da vicinal 8, setor Itapirema, policiais militares conseguiram frustrar a ação criminosa de três elementos, sendo dois réus confessos, após ação imediata e pronta, além de corajosa dos integrantes de uma guarnição de serviço.

Oliveira Atacarejo

Esses suspeitos presos, são acusados de cometer crimes em várias propriedades rurais inclusive, nalguns destes crimes, foram aterrorizantes com as vítimas que ficaram traumatizadas.

Num dos roubos ocorrido recentemente, as vítimas foram amarradas e agredidas, com coronhadas de armas de fogo, chutes e graves ameaças psicológicas.

O núcleo de inteligência da polícia militar de Ji-Paraná, conseguiu interceptar e apurar, além de depurar informações sobre as próximas ações da quadrilha e frustrou uma atuação dos meliantes da linha 8, setor Itapema, nesta sexta-feira, dia 17.

De posse de informações concretas, confirmando que os bandidos agiriam naquela noite, a polícia tirou a família da propriedade e os policiais ocuparam os seus lugares. Quando os bandidos chegaram para cometer o crime, dois deles foram rendidos e supostamente o terceiro, que dava apoio logístico a dupla, tentou fugir se embrenhando no matagal, mas foi logo rendido pelos policiais.

A polícia investiga agora se um homem preso dentro do matagal e que conduzia um automóvel da marca GM, modelo Corsa Classic, de cor vinho, tem envolvimento com a dupla presa dentro da residência e que confessou que roubaria a casa.

A dupla foi identificada como Fábio Aparecido Moreira Amaro e Hetkoski Alves, ambos com 30 anos. O terceiro não teve o nome citado. Com a dupla de assaltantes confessos, foi apreendido uma arma de fogo do tipo revolver, cal. .32, com cinco munições intactas.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560