Brasil – Catador de lixo ganha mochila e patrão encontra feto congelado dentro

331
Super Ótica, Fone: (69) 3451-2164

A Delegacia de Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, abriu um inquérito na manhã desta sexta-feira (13), para investigar o caso de um feto encontrado congelado dentro de uma mochila. O fato ocorreu na cidade, na noite de quinta-feira (12), por volta das 22h30.

De acordo com o relato da Polícia Militar, foi o dono de uma empresa de reciclados que acionou a Central de Emergência. Ele contou que, por volta das 22h, um dos recicladores trouxe a mochila junto com o material reciclado colhido no dia.

Oliveira Atacarejo

Antes de o trabalhador sair para buscar mais material para a pesagem, pediu ao dono da empresa que guardasse a mochila que havia ganhado. Nela estariam carnes congeladas.

Ao abrir a mochila para guardar as supostas carnes no congelador, o dono da empresa encontrou o feto congelado e imediatamente ligou para os policiais militares.

O Instituto Geral de Perícia (IGP) também foi acionado para recolher o feto enquanto os agentes, junto com a Polícia Civil, buscavam mais informações.

Quando retornou ao local, o coletor contou que recebeu a mochila de um homem na rua Alagoas, ainda em Camboriú. Com as características do suspeito, os policiais militares fizeram buscas na região e entraram em contato com os moradores, mas ele não foi encontrado.

O catador foi liberado pelos policiais e o inquérito para apurar a investigação já está aberto.

Investigações: A delegada Giselle Cristiane Costa Lima, informou que a polícia busca imagens que possam identificar o suspeito.

Durante a tarde desta sexta, após perícia, o IGP informou que trata-se de um feto entre 26 e 28 semanas, do sexo masculino. Ele ainda estava com placenta.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560