Super Ótica, Fone: (69) 3451-2164

Internado no Hospital Regional de Vilhena desde o último dia 10 de setembro, quando se envolveu num acidente espetacular, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, o pedreiro Otelino Conceição Costa, 34 anos, conversou por telefone com o FOLHA DO SUL ON LINE na tarde desta quarta-feira, 18.

Morador de Cerejeiras, que está trabalhando na construção de meio-fio em Vilhena, Otelino trafegava pela via pública levando na garupa o irmão, Romildo Conceição Costa, 31, quando atingiu violentamente um carro que atravessava o cruzamento do único semáforo instalado naquela avenida.

Na colisão, o caroneiro Ronildo fraturou um pé e um braço, enquanto o irmão condutor quebrou a clavícula esquerda e o braço direito. A condutora do veículo Toyota Corolla, de 30 anos, que levava a filha no carro, sofreu um corte no supercílio. A menina de 13 anos não se feriu.

Oliveira Atacarejo

Ao falar do acidente, ao qual sobreviveu milagrosamente junto com o irmão, o construtor cerejeirense fez uma revelação intrigante: o sinal estava aberto para ele, que vinha em direção à BR 364. O problema é que a condutora do carro diz a mesma coisa: o semáforo indicava que ela poderia avançar.

Agora, caberá à polícia decidir que estava errado ou se o equipamento que controla o fluxo de veículos apresentava algum tipo de defeito no momento da colisão.

Clique abaixo e assista o vídeo gravado por uma câmera de monitoramento instalada numa casa próxima ao local do acidente.

Fonte folha do sul on line

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560