Super Ótica, Fone: (69) 3451-2164

Uma comitiva de Espigão do Oeste esteve em Porto Velho reunido com representantes da Energisa e no Departamento de Estradas de Rodagens (DER) cobrando ações e obras para o município. O prefeito Nilton Caetano estava acompanhado do vice-prefeito Waltinho Lara e o secretário de Educação, Vilson Sena de Macedo.

Na concessionária de energia, o prefeito mostrou-se indignado com os constantes cortes no fornecimento na cidade, prejudicando as empresas e causando transtornos no hospital e nas escolas. Ele entregou um ofício a Coordenação de Relacionamento Clientes e Poder Público da Energisa, relatando que Espigão vem enfrentando inúmeras falhas no abastecimento de energia elétrica, e que no período chuvoso a cada ano se agrava mais. “Até mesmo a prestação de serviços essenciais, oferecidos por este ente municipal, sofre comprometimento, a exemplo da saúde em que as unidades básicas e o hospital têm suas atividades limitadas”, explicou o prefeito.

Recebidos pela diretoria, o grupo contou que quatro subestações estão prontas para uso nas escolas, mas até agora após 60 dias do ofício encaminhado pelo secretário de Educação, a Energisa não fez as ligações. O diretor Daniel Andrade prometeu encontrar uma solução o mais rápido possível. Ele explicou que a Energisa recebeu um Estado em completo gargalo na área energética e que está investindo milhares de reais na modernização das redes de distribuição.

Oliveira Atacarejo

No DER, o adjunto Diego Souza atendeu a comitiva e garantiu o início do processo licitatório de cerca de 10 quilômetros da Estrada do Calcário (RO-133) com recursos originários da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE). No início de 2020, o Governo deverá estar dando a Ordem de Serviço das obras.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560