Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Os irmãos Kayo Gonçalves de Souza Ribeiro, de apenas 2 anos, e Kauã Gonçalves Bittencourt, de 14, morreram na tarde desta segunda-feira (13), na comunidade Cerâmica, em São Gonçalo.

Os dois irmãos estavam soltando pipa quando a linha enroscou em um fio de alta tensão. A linha chilena conduziu a energia do fio até os garotos, que morreram na hora.

De acordo com o jornal Dia, vizinhos relataram que o fio estava solto havia cerca de um mês. “Eu mesmo solto pipa desde criança. Nunca vi uma linha 10, que é a que eles usavam, arrebentar fio de alta tensão. A vizinha falou que já tinha ligado para a Enel para reclamar desse fio”, comentou Rogério Ramos, tio-avô dos meninos.

Oliveira Atacarejo

Foi Rogério quem foi até o Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó para liberar o corpo dos sobrinhos-neto, na manhã desta terça-feira. A família está arrasada com a morte dos meninos.

A história é de cortar o coração. Kayo, o menino de dois anos, levou o choque primeiro. O irmão mais velho, desesperado, tentou socorrê-lo e também recebeu a descarga elétrica.

Eles são em cinco irmãos. A tragédia poderia ter sido ainda maior, já que os outros três irmãos estavam próximos.

“Eles estão de férias. Brincam no campo todo dia, assim como outras crianças da comunidade. Pelo que os vizinhos contaram, o Ryan (um dos cinco irmãos) estava soltando pipa, e logo assim que a linha bateu no fio, que já estava solto, caiu e pegou o Kayo”
, afirmou.

O tio declarou ainda que considera um milagre o fato de os outros três não terem ido socorrer os irmãos. Segundo ele, os irmãos eram muito agarrados.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560
ALE-RO