O caminhoneiro João Cardoso da Silva, 65 anos, que estava desaparecido desde a última quinta-feira (30), foi localizado morto na tarde deste sábado (01) no interior da cabine de seu caminhão, que estava estacionado às margens da BR-364, próximo ao posto fiscal da Polícia Rodoviária Federal, em Jaru.

Cardoso não mantinha contato com os familiares que residem em São José do Rio Preto/SP desde quinta-feira e o cunhado dele, que reside em Ji-Paraná, já havia comunicado o seu desaparecimento à Polícia.

Oliveira Atacarejo

O cunhado então resolver realizar buscas por João Cardoso e no fim da tarde deste sábado localizou o caminhão estacionado na altura do Km 437, entre Jaru e Ariquemes, e acionou a Policia Rodoviária Federal, que ao chegar ao local, encontrou o corpo do caminhoneiro já em avançado estado de putrefação.

A Polícia Técnico-Científica também foi comunicada e realizou os trabalhos periciais, mas não encontrou marca de violência, o que faz acreditar que o caminhoneiro tenha tido um mal súbito e vindo a óbito por causas naturais.

O corpo de João Cardoso da Silva foi removido pela funerária Pax Cristo Redentor e seria transladado para o Estado de São Paulo onde a família reside, mas como possui uma irmã em Ji-Paraná, ele será velado e sepultado lá.

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560