Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

 

Na tarde desta sexta-feira, 03 de julho, o senhor Francisco do Socorro Chaves Barbosa, 50 anos, que era agricultor e mecânico, entrou no rio Piracolino na altura da capa 144 na Linha 135, em Vilhena (RO), como fazia todos os dias, e acabou se afogando e morrendo.

De acordo com o sobrinho do agricultor, Tássio Conceição Barbosa, de 33 anos, seu tio tinha o costume de banhar-se no rio todas as tardes, e ontem por volta das 18h00 ele entrou no rio, e por volta das 19h00, Tássio sentiu falta do tio e foi até às margens do rio e encontrou o corpo do tio submerso perto de uma das margens.

Oliveira Atacarejo

Francisco era recém chegado em Vilhena, ele veio de Curitiba (PR).

Ele verificou os sinais vitais de Francisco, que não apresentava nenhuma reação e chamou o Corpo de Bombeiros que chegaram ao local e verificaram o óbito. Acredita-se que Francisco que é epilético tenha tido um ataque e afogado.

Fonte: Vilhena Notícias
Fotógrafo: Divulgação/Vilhena Notícias/Extra de Rondônia

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560
ALE-RO