Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia
Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Funcionária pública no município de Marataízes (ES), Michaelle Mignone, de 30 anos, vivenciou um acontecimento para lá de atípico. Mãe de duas filhas, e sem pretensão de engravidar mais, ela mal sabia que quando cogitava um procedimento de vasectomia para o marido, estava grávida de sete meses. Curiosamente, Michaella só veio descobrir que teria mais uma herdeira quando dava à luz a pequena Cecília, na sala da sua própria casa.

Em entrevista ao UOL Universa, a funcionária pública conta que durante os noves meses da gestação não apresentou nenhum sintoma que a fizessem desconfiar da gravidez. Nada de enjoos, náuseas, e desejos. Nem mesmo mesmo notou sua barriga crescer.

Campanha de Prevenção ao Coronavírus Governo de Rondônia

Depois de notar uma saliência no seu umbigo, Michaelle procurou um médico, e segundo ela, foi diagnosticada com uma hérnia, necessitando assim de uma cirurgia. No entanto, a pandemia do coronavírus acabou atrasando o procedimento.

Oliveira Atacarejo

Dores intensas
Sem apresentar dores, ela continuou trabalhando normalmente, até que no dia 17 de maio, um dia antes de dar à luz, sentiu um grande desconforto depois de um dia intenso de atividades. Diante disso, ela procurou uma unidade hospitalar achando que o quadro de hérnia tinha piorado. Na ocasião, o médico informou que ela precisaria de uma cirurgia de emergência. Medicada, ela retornou para casa.

No dia seguinte, as dores de Michaelle se intensificaram ainda mais, tanto que a funcionária pública sequer conseguiu chegar ao carro para ser levada ao hospital. Apreensivo, o marido dela acabou ligando para um primo que é enfermeiro e solicitou ajuda. Antes mesmo da chegada do resgaste, ela acabou dando à luz a sua terceira filha, no sofá de sua casa.

“Foi tudo muito rápido, não demorou nem meia hora. Quando vimos que realmente eu estava em trabalho de parto e a bebê nasceu, pedi para o meu marido colocar ela de lado para não sufocar. E, nisso, ela chorou. A gente não sabia nem o sexo da criança, foi um susto enorme”, disse Michaella, que na sequência foi transferida para um hospital.

Para a alegria e surpresa da família, Cecília nasceu com 50 cm e pesando três quilos. Após passar por uma bateria de exames, a bebê não foi diagnosticada com nenhum problema e está saudável.

Fonte: Ultimo Segundo

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560
ALE-RO