Governo de Rondônia

Oito meses depois de Rondônia registrar o primeiro caso da Covid-19, Seringueiras, Cacaulândia e Rio Crespo são as três únicas cidades de Rondônia que não registraram mortes decorrentes da doença.

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), atualizados até a quarta-feira (25), revelam que todas as outras 49 cidades já tiveram vítimas fatais do novo coronavírus. Porto Velho segue como o município com mais óbitos: 803.

Ainda segundo a secretaria, os 52 municípios de Rondônia já tiveram moradores infectados pelo coronavírus. Porém, em três deles, a recuperação foi ‘bem sucedida’.

Oliveira Atacarejo

É o caso de Seringueiras, com mais de 12,5 mil habitantes. Até quarta-feira, a cidade do Vale do Guaporé tinha 137 casos confirmados de coronavírus, sendo todos eles já recuperados.

Com mais de 6,2 mil habitantes, Cacaulândia teve 86 casos da doença e nenhum óbito em oito meses. Do total de infectados pelo vírus, 84 já estão curados.

Rio Crespo, no Vale do Jamari, também segue com boa taxa de recuperação entre pacientes. De 130 infectados desde março, 128 estão curados e, com isso, a cidade de quase 4 mil habitantes não teve nenhuma vítima fatal da Covid-19.

Mortes por mês em Rondônia

Desde março, o estado soma 1.534 mortes decorrentes do novo coronavírus. O pior mês na pandemia foi junho, quando 362 rondonienses perderam a vida para a doença (uma média de 12 óbitos diários).

Julho foi o segundo pior mês de 2020 em Rondônia. Foram 354 vidas perdidas para o novo coronavírus em 31 dias.

Abaixo, veja o gráfico das mortes registradas no estado (mês a mês).

Março e abril são os dois meses com menor número de óbitos, pois o estado estava no começo da pandemia.

Ainda segundo a Sesau, na quarta-feira o estado chegou a 78.470 casos da Covid-19, sendo 69.425 já recuperados.

O mês com mais infecções pelo novo coronavírus foi julho, quando ocorreram 17.741 diagnósticos da doença.

Fonte: G1-RO

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560