Governo de Rondônia

O Crime bárbaro contra mãe e filha de 11 anos foi cometido durante toda a madrugada do último sábado (21 de novembro), revelou a delegada de Luciana Canaverde de Barra do Garças (509 quilômetros de Cuiabá) após a prisão do estuprador, identificado como Jeferson, Todinho, 33 anos.

Ele só saiu da casa das vítimas no início da manhã, depois que mãe e filha foram estupradas e Rhutil Moraes, de 30 anos, foi estrangulada até a morte.

Após o ato, Jeferson começou então a trabalhar normalmente como pedreiro. O delegado relata que só fugiu depois que informações indicando a identificação do criminoso.

Oliveira Atacarejo

Segundo o delegado, Jeferson não resistiu à prisão. Foi levado para Barra do Garças, onde foi ouvido e confessou detalhadamente o crime, afirmando apenas que não se lembrava do estupro da criança.

Jeferson tem uma extensa ficha criminal, mas trata de crimes contra o patrimônio. “Ele não é um estuprador em série, eles dizem. Ele é um autor frequente de roubos com uma faca. Após interrogar e executar mandados de prisão, Jeferson foi transferido para a Penitenciária de Água Boa.

Fonte: Repórter mt

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560