Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

A menina de 10 anos, que engravidou de gêmeos após ser abusada sexualmente pelo padrasto desde os 6 anos, realizou aborto para interrupção da gestação em Governador Valadares, em Minas Gerais.

O procedimento começou na quarta-feira (20), quando a criança foi internada, e terminou na manhã desta quinta-feira (21).

Segundo informações da Polícia Civil, o caso seguiu todos os trâmites legais e teve assistência médica adequada à menina. Ela permanece internada e passa bem.

Oliveira Atacarejo

A gravidez foi percebida pela mãe, que também está grávida do agressor, de 26 anos. Os dois já possuem dois filhos.

 “A mãe explicou que a menstruação da filha já estava atrasada há uns três meses e ela resolveu fazer um exame de gestação, foi quando ela descobriu que a menina estava grávida. Conversando com a filha, a filha teria dito que o autor seria o padrasto. A mãe foi tirar satisfação com o companheiro e ele a agrediu”, afirmou a delegada Adelina Xavier.

O autor dos crimes está foragido. Segundo a delegada, o material vai ser recolhido pelo IML e, tão logo seja possível, será encaminhado para Belo Horizonte para realização dos exames pertinentes. “Ontem mesmo decretamos pela prisão provisória do investigado, porque ele não foi localizado.

Tão logo tenhamos um mandado a equipe dará todos os esforços para trazer esse suspeito para prestar declarações aqui na Delegacia de Governador Valadares”, disse.

Fonte: G1

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560