Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Uma tragédia acabou resultando na morte de várias pessoas em uma fábrica têxtil do Marrocos, país da África do Sul. O local, depois de ser atingido por fortes chuvas e sofrer inundação, provocou uma descarga elétrica nos trabalhadores, provocando seu falecimento.

O caso aconteceu no bairro Branes II, em Tânger, uma cidade portuária marroquina situada no Estreito de Gibraltar. As autoridades locais afirmam que 26 mulheres foram eletrocutadas depois que a água das chuvas entrou na fábrica.

Ainda segundo a polícia, das vítimas fatais, a maioria são mulheres. Até o momento, a identidade dos mortos não foram divulgadas pela imprensa marroquina. A fábrica onde a tragédia aconteceu seria clandestina, de acordo com o Ministério do Interior.

Oliveira Atacarejo

Na fábrica haviam 40 funcionários, mas até o momento apenas 26 tiveram estados divulgados. Segundo a imprensa marroquina, a fábrica foi inundada porque se encontrava no subsolo de uma residência e não atendia aos requisitos de segurança exigidos para funcionamento.

No Marrocos há muitas chuvas, o que prejudicou o setor têxtil, tendo grande parte fechado devido às condições climáticas. Várias regiões do país estão sendo afetadas pela fortes tempestades, que provocaram inundações em muitos locais, principalmente nas áreas carentes.

Até agora não há informações se o dono da fábrica têxtil foi responsabilizado pelas mortes no estabelecimento. As vítimas que conseguiram sobreviver foram retiradas por equipes de resgate que foram acionadas para o local.

Fonte: 1news

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560