Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Foi preso na manhã de sexta-feira (26), Mariano S. F. M., acusado de estuprar uma mulher. O crime aconteceu dentro de um comércio localizado na Avenida Canaã, região central de Ariquemes. O homem foi identificado como um ex-policial, que foi expulso da corporação por conduta não compatível de um policial.

De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito invadiu o comércio logo após a vítima, uma mulher, chegar para trabalhar. Com o capacete na cabeça, ele entrou no comércio e foi até os fundos do estabelecimento onde rendeu e violentou a vítima. Após cometer o crime, o estuprador fugiu.

Uma câmera de monitoramento filmou a chegada de Mariano e através das imagens, os policiais conseguiram chegar até o acusado. Ele foi preso em uma residência localizado no Jardim Paulista, cerca de duas horas depois de cometer o abuso.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

O Comando do 7º Batalhão da Polícia Militar de Ariquemes emitiu uma nota afirmando que o homem não é mais Policial Militar. Homem foi expulso no ano de 2016, a Bem da Disciplina, por não ter conduta compatível com os valores da Polícia Militar de Rondônia.

Ainda de acordo com a nota, o comando do 7º BPM ressalta o valor de todos policiais militares que aplicaram imediatamente os rigores da lei e efetivaram a prisão em flagrante do indivíduo, reforçando o sentimento coletivo da tropa e do Comando de não compactuar com quaisquer tipos de crimes, especialmente aqueles que tenham tal nível de repugnância.

Confira a nota oficial, emitida pelo 7°BPM:

O comando do 7º Batalhão da Polícia Militar de Rondônia (7º BPM) informa a toda sociedade que o cidadão preso, na data de hoje (26/02/2021), suspeito do crime de estupro, não pertence ao efetivo da Polícia Militar de Rondônia (PMRO). A prisão foi feita, em flagrante, pelo efetivo deste Batalhão e o preso foi imediatamente conduzido para a delegacia.

Trata-se na verdade de um cidadão que foi EXCLUÍDO dos quadros da PMRO, a Bem da Disciplina, pela Portaria Nº246/DP-3/DP/PMRO/2016, publicada no Diário Oficial de Rondônia Nº100 de 03/06/2016, e em BPM Nº 099 de 03/06/2016, por não ter conduta compatível com os valores da PMRO.

O 7º BPM ressalta o valor de todos policiais militares que aplicaram imediatamente os rigores da lei e efetivaram a prisão em flagrante do indivíduo, reforçando o sentimento coletivo da tropa e do Comando de não compactuar com quaisquer tipos de crimes, especialmente aqueles que tenham tal nível de repugnância.

Comandante do 7° BPM

Fonte Rondoniaovio/Rondoniavip

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560