Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Faleceu na madrugada desta quinta-feira, 04, num hospital de Cuiabá (MT), a servidora municipal em Vilhena, Angela Francisca de Siqueira. Ela tinha 57 anos, era merendeira na Escola Municipal Penha Rosendo Leite e havia sido diagnosticada com a Covid-19.

De acordo com uma prima, ouvida pelo Folha do Sul Online, além da servidora, outros quatro membros da mesma família enfrentam a doença, e todos foram buscar tratamento médico na capital mato-grossense após os exames confirmarem a contaminação.

Os primeiros a viajar, de avião, foram os empresários Edimir Guimarães e sua esposa, Audinéia. Ela, inclusive, teria feito o trajeto intubada e em estado grave. Os dois são donos do tradicional “Viveiro Guimarães”. Depois deles, seguiram de carro para Cuiabá a própria Angela, seu irmão Josailton e a esposa dele, Adelina.

Oliveira Atacarejo

Neste momento, segundo contou a entrevistada, três dos pacientes estão intubados no Estado Vizinho (Edimir, Audinéia e Adelina). O único que continua em casa, fazendo tratamento, é Josailton.

A família Siqueira é pioneira em Vilhena e o patriarca, Alcides, foi o primeiro patroleiro da cidade. Segundo a entrevistada, ele teria sido o responsável por abrir a avenida Major Amarante, hoje a principal via pública local.

A patrola usada por Alcides Francisco de Siqueira foi colocada na praça do 5º BEC e virou uma espécie de cartão postal de Vilhena.

Fonte: Folha do Sul

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560