Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

O jovem identificado pelas iniciais [R. A. da S.], de 20 anos, morreu na noite de terça-feira (9) após ser vítima de um tiro acidental, disparado pela espingarda do pai, na zona rural de Juína (735 km de Cuiabá). O pai foi preso por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 20h30, na fazenda onde eles moram. Testemunhas contaram aos investigadores, que um dos funcionários correu até a sede da fazenda, gritando por socorro e dizendo que o filho havia sido baleado.

Os trabalhadores prestaram os primeiros socorros, colocaram o jovem em uma caminhonete e quando chegaram na cidade, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas rapaz já estava morto.

Oliveira Atacarejo

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve na fazenda e fez os trabalhos de investigação na cena do crime. A espingarda, com uma munição deflagrada, foi apreendida.

Em conversa com os policiais, o pai do jovem contou que a arma era uma herança de seu falecido pai, que não possui registro dela. Ele relatou que o tiro acidental aconteceu quando se preparavam para ir jantar em casa.

O homem estava pilotando a moto e quando o filho sentou na garupa, a arma disparou. Segundo o acusado, em seguida, arrastou o jovem para dentro da casa e só depois foi pedir ajuda na fazenda, que fica há 3 km de distância.

Ele foi preso em flagrante pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Repórter MT

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560