Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Se não tivesse filmado, a história de Fábio Fregona não passaria de mais uma história de pescador. Há cerca de duas semanas, o pescador esportivo fisgou um pirarucu de cerca de 2 m de comprimento e com aproximadamente 100 kg, em uma das partes alagadas pela cheia do Rio Madeira, na região de Jaci-Paraná, em Rondônia.

O vídeo, que foi postado nas redes sociais na segunda-feira (5), viralizou e se tornou um dos vídeos mais assistidos do YouTube, com mais de 700 mil visualizações em menos de 24 horas. Nas redes sociais, o pescador contou que vivenciou a experiência sozinho e esse foi o maior peixe que pegou.

“O maior e mais lindo peixe que já pesquei na vida! Tinha que ser ele, tinha que ser de caiaque, tinha que ser na artificial, tinha que ser na varinha de 20lb…”

Oliveira Atacarejo

Período de defeso

A pesca predatória do pirarucu está proibida até o dia 30 de abril nos rios de Rondônia. Mas, segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), durante o período de defeso, é permitido que a modalidade de pesque e solte, praticada por Fábio Baca, seja realizada.

“O período do defeso é importante para a manutenção e preservação das diferentes espécies de peixes, como as diferente espécies possui formas diversas de se reproduzir, para algumas espécies temos diferentes períodos de defeso para que possamos proteger e garantir a manutenção das espécies no nosso ecossistema”, explicou o gerente de pesca aquicultura e manejo de fauna, João Batista Furtado Cordeiro.

Monstro de água doce

O pirarucu é um dos maiores peixes de água doce. Seu nome vem de dois termos indígenas pira, “peixe”, e urucum, “vermelho”, devido à cor de sua cauda. O comprimento do pirarucu adulto costuma variar de 2 a 3 metros, e o peso, de 100 a 200 Kg.

Fonte: G1 RO

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560