Corpo de idoso que saiu de Cerejeiras e desapareceu em Vilhena, é encontrado em região de mata; ele mesmo teria comprado a corda

Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Foi encontrado no final da manhã deste sábado, 12, o corpo do aposentado Amaro Moreira Camargo, de 76 anos. Ele estava desaparecido desde a quarta-feira, 09, quando saiu da casa do filho, no bairro Parque São Paulo, em Vilhena.

O cadáver do idoso foi encontrado pelo Grupo de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros, que começou a procura-lo após a família registrar o desparecimento na polícia. O corpo estava a cerca de 500 metros do trevo da BR 364, que dá acesso a Colorado do Oeste, dentro de um matagal.

Segundo informações obtidas pelo site, os familiares percorreram hotéis da cidade, tentando encontra-lo. Durante as investigações, os parentes descobriram que, no dia do desaparecimento, Amaro havia pegado um mototáxi no bairro Cristo Rei e ido até a rodoviária.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

Na estação, foi constatado que o ancião não havia embarcado em nenhum ônibus. Descobriu-se, então, que o aposentado havia ido até um outro ponto de mototáxi e contratado uma corrida para a cidade de Pimenta Bueno.

Conforme informações passadas à reportagem, antes de deixar a cidade, Amaro passou uma loja de produtos agropecuários e comprou três metros de corda, argumentando que estava indo buscar um cavalo em Pimenta Bueno.

Quando o mototaxista chegou no entroncamento das BRs 364 e 435, o contratante pediu ao mototaxista que o deixasse ali, na “casinha” onde passageiros aguardam para fazer baldeação, dizendo que esperaria a condução que o levaria até Pimenta.

Mesmo com dificuldades de locomoção, Moreira entrou no mato por cerca de 150 metros, e neste local foi encontrado morto.

Via Folha do Sul Online

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560