Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Um infarto fulminante matou, na madrugada desta quarta-feira, 16, o auditor fiscal aposentado da Sefin, José Cardoso Santana. Ele tinha 82 anos e morava em Vilhena desde 1984.

Por volta da 1:00h, Cardoso começou a se queixar de enjoos e dores no peito. Após vomitar no banheiro, ele voltou ao quarto e caiu. Bombeiros foram acionados e constataram que o auditor estava morto em casa, na região central da cidade.

Presbítero da Igreja Metodista Wesleyana, José era casado com a servidora aposentada do Ibama, Leonilda Gomes Cardoso, missionária da mesma denominação evangélica.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

O sepultamento será realizado hoje. O servidor deixa três filhos e três netos.

Fonte: Folha do Sul

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560