Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Um tiroteio foi registrado, na tarde desta quinta-feira (17), na região onde acontecem as buscas por Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Distrito Federal. Por volta das 17h10, a força-tarefa iniciou uma movimentação, por terra e em helicópteros. Moradores de Cocalzinho de Goiás relataram ter ouvido mais de 50 disparos.

Um morador mandou uma mensagem para a noiva contando sobre ‘muito tiro’ na região (ouça acima). “Muito tiro para o rumo do mato. Acho que pegaram ele. As viaturas todas descendo”, disse Marcos Douglas.

Policiais e bombeiros informaram que ninguém ficou ferido. A polícia informou à TV Anhanguera que a troca de tiros aconteceu no Residencial Itamar 3 durante o cerco para tentar capturar Lázaro. Morador relata ‘muitos tiros’ em mata onde há buscas por Lázaro, em Cocalzinho de Goiás.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, acompanhou a operação e deixou a base de apoio assim que chegaram os relatos de tiroteio. Até as 18h30 não havia informação se o suspeito foi capturado. Mais de 200 policiais buscam o suspeito há nove dias.

A Secretaria de Segurança Pública anunciou na manhã desta quinta que homens da Força Nacional vão reforçar a operação. A mulher relatou que o noivo estava trabalhando quando ouviu o tiroteio.

 “Meu noivo foi fazer uma entrega a uma cliente e ouviu muito tiro. Depois ele viu um helicóptero dando rasante”, disse Suzana Cortes.

  • Na sexta-feira (11), ele roubou um veículo e fugiu para Cocalzinho de Goiás. Depois colocou fogo no carro;

  • No sábado (12), invadiu uma fazenda, atirou em três pessoas e colocou fogo em uma casa. Nesta ocasião, fez um caseiro refém, usou e obrigou a vítima a usar drogas;

  • No domingo (13), o suspeitou furtou um carro para fugir da polícia, foi visto na BR-070 e acabou abandonando o veículo. A corporação acredita que ele tentava retornar ao DF;

  • Na segunda-feira (14), ele foi filmado por câmeras de monitoramento e teria dormido em um galpão de uma chácara. Pediu comida aos moradores, mas fugiu;

  • Na terça-feira (15), uma moradora de uma fazenda filmou os policiais durante buscas em sua propriedade. Segundo as imagens, Lázaro passou por lá durante a fuga. Mais tarde, ele sequestrou uma família em outra chácara (foram liberados sem ferimentos) e atirou em dois policiais, que foram atingidos de raspão, eles foram levados para hospitais e estão conscientes.

  • Na quarta-feira (16), Lázaro Barbosa foi visto por um morador em uma área rural;

  • Na quinta-feira (17), a polícia retomou as buscas em matas da região e mudou a base de operação pela segunda vez.

Fonte: Vitor Santana e Guilherme Rodrigues, G1 GO — Cocalzinho de Goiás

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560