Homem procura por parentes em Rondônia, sua busca já dura mais de 30 anos

Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

Uma busca implacável que prolonga mais de 30 anos. André Correa Pinheiro, que neste ano completa 36 anos de idade, procura por parentes em Rondônia.

De acordo com as informações, o pai de André que é Rondoniense começou a trabalhar em uma mina de ouro, mas acabou falecendo. Viúva, a mãe de André, identificada como, Luzia Geraldo Correia, chegou a ter quatro filhos, sendo André (o mais velho), Roberto, Célia e Luciano, todos com a diferença de um ano de idade.

A mãe de André acabou se casando com um homem que chegou de São Paulo, chamado, Miguel Pinheiro, que registrou as crianças como filhos legítimos e foram embora morar no Paraguai. Chegando lá, dona Luzia engravidou de gêmeas e acabou falecendo no parto juntamente com uma das meninas, que ficou sob a tutela da família de Miguel e não sabem até hoje o paradeiro.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

Miguel, ao invés de retornar à Rondônia e deixar as crianças com os demais familiares, decidiu ir para a cidade de Paraná/PR, levando Miguel e os três irmãos. Segundo o relato, as crianças foram maltratadas e abonadas, fato este que acabaram indo morar em um orfanato, mas após anos, os irmãos acabaram se encontrando.

De acordo com as últimas notícias, Miguel já faleceu, e André não tem notícias dos parentes que possa ter em Porto Velho. Na época dos fatos, André tinha (5), o irmão Roberto (4), a irmã (3) e o mais novo (2) anos.

Para André, o maior presente seria encontrar os parentes (tios, avós, primos) que estão residindo na capital Rondoniense. Os avós de André maternos são: Geraldo Joaquim e Alzira Correa; paterno Izabel Modesto Pinheiro.

Qualquer informação que possa levar ao paradeiro dos familiares, pode ser repassada através do número (41) 8474-4310.

Fonte: Newsrondonia

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560