Governo de Rondônia
Governo de Rondônia

 

Em Ariquemes têm aumentado os casos onde homens têm caído no golpe dos nudes, após enviar fotos íntimas para uma suposta mulher, começam as chantagens e extorsões.

Recentemente o Canal 35.1 levou ao ar uma entrevista com o Delegado de Polícia, que alertou a população para essa onda golpes.

Oliveira Atacarejo - Sempre o Melhor Negócio

Informações que uma suposta mulher manda mensagens via WhatsApp para a vítima (homem). Na sequência a mulher passa, então, a mandar nudes em forma de fotos ou vídeos, aos seus interlocutores, pedindo para que eles também façam o mesmo. É a partir de então que os problemas começam: a suposta mulher bloqueia a vítima de suas redes sociais e entra em cena outro membro da quadrilha, o suposto pai da menina, ou advogado da família e, por vezes, até mesmo um fictício Delegado de Polícia Civil. Tal indivíduo passa a atormentar a vida da vítima, alegando que a menina que enviou o nude seria menor de idade, de forma que, portanto, a vítima teria praticado crimes graves ao trocar fotos íntimas com ela, tais como pornografia infantil, entre outros. Para que não seja acionada a Polícia, portanto, exige-se o pagamento de considerável quantia de dinheiro, a fim de não tornar público os fatos.

Houve casos em Ariquemes que a quadrilha chegou a enviar pelo correios em envelopes falsos, documentos judiciais e Mandados de Busca e Apreensão, com a foto da vítima, peladão, para a amedrontar de que atitudes seriam tomadas, caso não se pagasse o valor exigido.

Muitos chegaram a depositar mais de R$ 10.000,00 Reais e as ameaças não param, a vítima, sem mais dinheiro acaba procurando a Polícia e constata que caiu em um golpe.

Esta semana mais uma pessoa caiu no golpe, onde após trocar fotos íntimas com uma mulher, passou a ser chantageado, onde a quadrilha pedia R$ 12.800,00 para não denunciá-lo.

A vítima chegou a depositar R$ 4.000,00 e como as ameaças não pararam, procurou a Delegacia, onde constatou que tais atos provém de uma quadrilha atuante de forma contumaz na prática desse delito.

Fonte: Ariquemes 190

Comentários

Central Cell Celulares - 3451-4560