Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
domingo, abril 21, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Velocímetro de carro que matou duas pessoas em acidente no viaduto ficou travado em 110 km/h

O velocímetro do carro que bateu contra um viaduto de Porto Velho, nesta segunda-feira (22), ficou travado em 110 km/h, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Lindembergue Carvalho de Lima, de 47 anos, e sua mãe, Maria Vitória Carvalho de Lima, 71 anos, morreram presos entre as ferragens. Outros dois passageiros ficaram feridos.

Imagens registradas no local do acidente mostram o ponteiro do velocímetro travado (veja na imagem acima).

Segundo a polícia, apesar do velocímetro ter travado indicando 110 km/h, não significa que a velocidade indicada foi a mesma da batida, pois os velocímetros registram a velocidade por meio do movimento das rodas do automóvel.

Ou seja, se as rodas girarem no ar — seja capotando ou em algum ‘salto’ — a velocidade indicada será superior à realidade.

Relembre o acidente

Acidente de carro deixou duas pessoas mortas, em Porto Velho. — Foto: Eduarda Dejan

Acidente de carro deixou duas pessoas mortas, em Porto Velho. — Foto: Eduarda Dejan

A colisão frontal contra o viaduto Prudente de Morais, na BR-364, aconteceu por volta das 9h, quando o carro que estava com quatro pessoas atingiu em cheio a estrutura de concreto.

O motorista e a passageira da frente morreram na hora. Os outros dois passageiros, que estavam no banco de trás, ficaram feridos e foram levados ao Hospital João Paulo II, em Porto Velho.

Fonte: g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias