Governo de Rondônia - Institucional
sábado, julho 13, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Rondoniense morre afogado na praia de Barra Nova, em Alagoas

O vilhenense Jefferson Antônio Barreiro Barbosa, de 23 anos, morreu afogado ontem na praia de Barra Nova, em Maceió (AL). Ele estava passando férias junto com a namorada na capital alagoana onde aconteceu a fatalidade.

COMO FOI?

A reportagem conversou com o tenente do Corpo de Bombeiros em Maceió, Clezivaldo Cavalcante Rocha, que participou do resgate do corpo do vilhenense. De acordo com o militar, a ação envolveu várias viaturas, mais de 15 homens e até um helicóptero.

Segundo o relato de testemunhas, Jefferson estava a bordo de um Catamarã que atracou na Lagoa Mundaú. A tripulação da embarcação recomendou aos passageiros que ninguém tentasse nadar na água, em virtude das fortes ondas e correntezas.

Junto com um amigo que conheceu na viagem e sua namorada, o jovem e outros passageiros foram até a “praia proibida”. Jefferson acabou sendo arrastado pela maré quando tentava “pegar jacaré”, uma manobra que consiste em deslizar sobre as ondas.

Ele teria pedido ajuda ao companheiro, que não conseguiu ajudá-lo. A namorada teria assistido a luta dele para não se afogar, mas também não conseguiu fazer nada, segundo testemunhas relataram aos Bombeiros.

O corpo foi encontrado após 20 minutos de busca e quase uma hora depois do desaparecimento. Mesmo com indícios de que a vítima já estava sem vida, os Bombeiros continuaram fazendo manobras de RCP (Reanimação Cardio-Pulmonar), até o médico que estava no helicóptero constatar o óbito.

FILHO ÚNICO

A reportagem conseguiu conversar com o pai do jovem, com quem ele morava no bairro Barão de Melgaço III, em Vilhena. Ele disse que Jefferson era seu único filho, e demonstrou toda a dor da perda.

O entrevistado elogiou o filho, com quem vive desde os 05 anos de idade. Ex-morador de Cerejeiras, o pai levou o filho para Juína (MT), onde trabalhou como capataz em uma fazenda. Quando o garoto era adolescente, os dois se mudaram para Vilhena.

“Eu cuidei dele desde pequeno, e agora, que enfrento problemas de saúde, era ele quem cuidava de mim”, revelou o entrevistado.

TRABALHADOR

Funcionário do Atacadão havia cerca de 05 anos, Jefferson também trabalhava em um mercadinho de seu bairro nos dias de folga. Nas redes sociais, amigos e familiares publicaram mensagens lamentando a morte do jovem, que era querido por todos. O corpo dele deverá ser trazido para Vilhena, onde acontecerá o sepultamento.

SOLIDARIEDADE

“Dimas, a nossa corporação do Corpo de Bombeiros do Estado de Alagoas se solidariza com a família do jovem Jefferson. Nossas forças e energia nas buscas incessantes para encontrar o corpo do Jefferson foram colocadas sem medir esforços. Nesses momentos de tristeza da família, pedimos a Deus para dar o conforto e acalmar os corações de todos. Nossos sentimentos”.

Corpo de Bombeiro do Estado de Alagoas.
Tenente Clezivaldo e Guarnições.

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias