Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
domingo, abril 21, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Preço do gás de cozinha baixa apenas R$ 2 em Rondônia, mesmo após refinaria anunciar redução de 18%

O preço médio do gás de cozinha ficou R$ 2 mais barato na última semana de maio em Rondônia. O balanço foi apontado na nova pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com base em mais de 70 estabelecimentos pesquisados.

Segundo o levantamento, em 20 de maio o botijão de 13 quilos estava sendo comercializado por R$ 126,25. Já no último dia 27 de maio, a unidade passou a custar R$ 124,72.

Essa queda de preço durante a semana representa ‘um desconto’ de 1,21%, bem abaixo do esperado. Isso porque no dia 19 de maio a refinaria da Amazônia (Ream), que atende o estado de Rondônia, anunciou uma redução média nos preços do gás de cozinha em 18,32%.

Essa redução feita pela refinaria ainda não foi chegou ao bolso o rondoniense, mas já é esperada. “Acreditávamos que o preço do botijão caísse para cerca de R$ 105, após a refinaria reduzir o preço para o estado. Eu compro uma botija de gás a cada dois meses, porque em casa somos em três pessoas. Espero que o preço baixe mais”, diz a analista administrativa Roselaine Fritz Souza, de Porto Velho.

Um proprietário de revenda de gás diz que só pode rever os preços do botijão quando receber novas cargas de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) com os novos valores.

Novas alíquotas do ICMS

Em maio, entraram em vigor as novas alíquotas de Imposto Sobre Mercadorias e Serviços (ICMS) para o gás de cozinha no estado.

O aumento aconteceu pela mudança no ICMS sobre o produto, que passa a ser cobrado por uma taxa única e válida para todo o Brasil. O valor da cobrança será de R$ 16,34, acima do valor médio atual de R$ 14,60. A mudança foi determinada pela Lei Complementar 192, aprovada em 2022.

A alíquota do ICMS era cobrada com base em um percentual estipulado por cada estado, agora o valor passa a ser fixo e por quantidade. Os valores são revisados semestralmente e o gás é medido por quilo.

Fonte: g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias