Governo de Rondônia - Institucional
sábado, julho 13, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Dengue já matou seis pessoas em Rondônia este ano; casos de zika também crescem

Os casos de dengue e zika vírus continuam crescendo em Rondônia. Dados do último Boletim Epidemiológico da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), mostram um crescimento de 8 e 24% das duas doenças, respectivamente.

Segundo o boletim, neste ano, 8.364 pessoas já tiveram dengue. Esse dado representa um aumento de 8% com relação ao mesmo período de 2022, quando 7.732 casos foram registrados.

O número de casos notificados também cresceu. O aumento foi de 38%, em 2023, já são 16.153 notificações de dengue registradas. No mesmo período de 2022, esse número era de 11.707.

Ao todo, seis mortes foram registradas por dengue em Rondônia, neste ano.

Zika:
O aumento no número de casos de doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti também aumentou, com relação a zika.

Segundo o boletim, 26 casos da doença já foram registrados neste ano. Esse número representa um aumento de 24% com relação ao mesmo período do ano passado, quando tinha 21 pessoas positivadas para a zika.

Apesar disso, o estado não registrou morte por zika, em 2022 e nem neste ano.

Perfil do estado:
Ainda de acordo com a Agevisa, 44 cidades de Rondônia estão em surto para a dengue. Sete estão em condição de alerta e apenas o município de São Miguel do Guaporé apresenta situação satisfatória para a doença.

Já no caso da zika, 50 cidades do estado apresentam condições satisfatória sobre a propagação da doença. Parecis e Presidente Médici estão em alerta sobre o número de casos.

Para a dengue, Rondônia se enquadrada em condição de surto, já para a zika, o estado está em situação satisfatória.

https://drive.google.com/file/d/1mEubn6kZeafKkNYcUg8i26bE2zvPIJbh/view

Fonte: rondoniagora

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias