Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Gasolina vai ficar mais cara a partir de 1° de julho

Mais um aumento de preços da gasolina e ele ocorrerá no próximo dia 1 de julho, quando o etanol também ficará mais caro nas bombas dos postos de combustíveis.

Com a retomada da cobrança de PIS/Cofins dos combustíveis, os dois principais produtos vendidos para automóveis nos postos brasileiros terão aumento de R$ 0,34 por litro no derivado de petróleo e alta de R$ 0,22 no combustível vegetal.

Essas são estimativas feitas pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), com base nos cálculos da tributação vigente, porém, sabemos que o aumento real nas bombas ficará a cargo dos estabelecimentos e da concorrência.

No ano passado, o governo anterior retirou a cobrança de PIS/Cofins dos combustíveis para conter a alta agressiva nos preços, mas em março deste ano, o presidente Lula afirmou que retomaria a tributação sobre gasolina e etanol a partir de 1 de julho.

A reoneração dos combustíveis será rápida e o consumidor pode esperar preços novos no mesmo dia em que a tributação voltar a ser feita, já que os postos estão livres para cobrar o quanto quiserem pelo combustível vendido.

Quando há aumento de preços anunciado pela Petrobrás, eles não perdem tempo em trocar os valores nas bombas e o impacto no bolso do consumidor é quase instantâneo.

Como vimos recentemente, porém, os combustíveis desceram a ladeira de preços cujo pico foi em junho de 2022, apresentando quedas por semanas seguidas, estando hoje em um valor médio de R$ 5,39 por litro de gasolina.

Em abril, a gasolina estava em R$ 5,51 por litro e com o reajuste, se de fato for adicionado ao pé da letra, o derivado de petróleo chegará a R$ 5,74, um valor ainda abaixo dos gritantes R$ 7,03 por litro de junho de 2022.

Além de PIS/Cofins, os combustíveis passaram a recolher o ICMS nacional de R$ 1,22 por litro, cobrado pelos estados em acordo com a União.

Fonte: OMadeira

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias