Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
terça-feira, junho 25, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

“Como dói dizer adeus”: família se despede de estudante de medicina que morreu após capotar caminhonete

“Como dói dizer adeus”. Familiares da estudante de medicina Camila Brandão Compassi, de 23 anos, lamentam a perda repentina da jovem. Ela morreu após perder o controle da caminhonete que dirigia e capotar na MS-165, em Aral Moreira (MS), no domingo (2).

Camila era natural de Rondônia e estava em Mato Grosso do Sul para realizar o sonho de ser médica. A jovem estudava medicina em uma faculdade particular, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade vizinha a Ponta Porã (MS).

“Minha irmã, como dói dizer adeus… Obrigada por ter existido em nossas vidas… Obrigada por ter nos dado o prazer de poder conviver com você. Te amaremos eternamente!!”, publicou irmã da vítima, Bia Compassi, em suas redes sociais.

A mãe da jovem também publicou uma mensagem de pesar. Ao externar a dor e luto, a mãe de Camila escreveu:

“Sentiremos saudades. É com imenso pesar que comunicamos o falecimento da nossa querida filha Camila, vítima de acidente automobilístico. Ninguém está preparado para a partida de alguém, e neste momento de for só peço que Deus te cubra com o teu manto e que você, mesmo de longe, nos ajude a continuar caminhar! Descanse em paz!”.

A família deve retirar o corpo da jovem de Ponta Porã na tarde desta segunda e levar até Porto Velho, em Rondônia, onde ela será velada e enterrada.

Jovem morreu aos 23 anos, em Aral Moreira (MS).  — Foto: Redes sociais e Polícia Civil/Reprodução

Jovem morreu aos 23 anos, em Aral Moreira (MS). — Foto: Redes sociais e Polícia Civil/Reprodução

A Caixa de Assistência aos Advogados de Rondônia (CAARO) também emitiu uma nota em luto pela jovem, que era afilhada do advogado Breno Mendes. “Neste momento de grande perda, a Diretora, Coordenação e Delegacias da CAARO, manifestam apoio e solidariedade aos familiares e amigos enlutados”.

A Universidade Privada de Guairá, onde a jovem estudava para realizar o sonho de ser médica, também lamentou o acidente. Veja a publicação abaixo.

Faculdade lamentou morte de estudante de medicina.  — Foto: Redes sociais/Reprodução

Faculdade lamentou morte de estudante de medicina. — Foto: Redes sociais/Reprodução

O caso

De acordo com a polícia, a jovem dirigia o veículo, quando saiu da pista e capotou na rodovia. Um homem, que estava no banco do passageiro, sofreu alguns ferimentos e foi encaminhado para atendimento médico em Aral Moreira.

O corpo de Camila foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Ponta Porã. Familiares da estudante de medicina viajaram de Rondônia até Mato Grosso do Sul para retirar o corpo da jovem.

Fonte: g1

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias