Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
domingo, maio 26, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

RO – Acusados de matar mulher que enfrentou atirador para salvar marido e filha são condenados a 77 anos de prisão

Quatro acusados de envolvimento no assassinato de Daniele Santos Reis, em agosto de 2021, foram condenados a uma pena conjunta de 77 anos de prisão, em Porto Velho. A vítima, Daniele foi morta a tiros ao ‘enfrentar’ um bandido armado para defender o marido e a filha bebê no bairro São João Bosco.

Os réus foram julgados pelo Tribunal do Júri na semana passada. São eles:

  • Alex Dias do Nascimento ( o atirador)
  • Judson Gabriel Barros de França ( o intermediador)
  • Lucas Simões Ferreira, conhecido como Olhão ( o proprietário da arma)
  • e André Ryus Silva de Souza (o olheiro)

Os quatro acusados de participação no crime foram denunciados pelo Ministério Público de Rondônia (MP-RO) por duas tentativas de homicídio, já que os tiros poderiam ter atingido a criança e o pai, e pelo assassinato consumado de Daniele.

Segundo investigação conduzida pela Polícia Civil, Alex Dias do Nascimento é o acusado que atirou nas vítimas. E a maior pena foi dada a ele: 27 anos de prisão.

Já os outros três réus foram condenados a 19, 18 e 13 anos de prisão, respectivamente. Isso porque um deles foi responsável por entregar a arma ao atirador. O outro era o dono da arma usada nos disparos, enquanto o terceiro sondou a família antes do crime e informou qual seria o momento ideal para o ataque.

Para os promotores de Justiça Elias Chaquian Filho e Marcus Alexandre de Oliveira Rodrigues, os acusados agiram “mediante motivo torpe, traição e surpresa, inclusive atacando uma vítima que estava “correndo dos tiros para proteger a si e a criança que estava em seus braços”.

Assassinato gravado

Imagens de uma câmera de segurança de 18 de agosto de 2021, a noite do crime, mostram que Daniele caminha por uma rua junto de seu esposo, que carrega o bebê de colo (veja acima).

Nesse momento um suspeito armado se aproxima das vítimas e Daniele para e fica de frente com o assassino, enquanto seu esposo corre carregando a criança.

Na ocasião o acusado Alex atira contra Daniele, que caí no chão e tenta se levantar para correr, mas morre na hora.

O inquérito mostra que Daniele foi executada sem chance de defesa, quando tentava defender o marido e a filha, que estava no colo dele.

Fonte: g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias