Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
domingo, abril 21, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

O que é o golpe da bomba fantasma nos postos de combustíveis?

Um golpe aplicado nos postos de combustível viralizou nas redes sociais. Um vídeo publicado mostra um cliente discutindo com um frentista de um posto localizado em um supermercado em Goiás. O motivo da confusão foi que a bomba de combustível era fantasma, ou seja, não estava funcionando.

Mas afinal, o que é uma bomba fantasma? É isso que o Olhar Digital explica a seguir.

O que é o golpe da bomba fantasma?

O golpe da bomba fantasma é um tipo de fraude que ocorre em postos de gasolina. Os fraudadores manipulam as bombas de combustível para que elas mostrem ao cliente que está abastecendo o seu carro normalmente, quando, na verdade, não está. Isso significa que o cliente paga pelo combustível, mas não recebe nada em troca.

Os fraudadores podem usar diversos métodos para cometer o golpe da bomba fantasma. Um deles é usando uma ferramenta eletrônica que interrompe o fluxo do combustível. Outro método é utilizar um dispositivo que altera a leitura do contador de litros.

Identificando o golpe

Os fraudadores podem dificultar a detecção do golpe da bomba fantasma. Porém, existem algumas ações que os clientes podem fazer para se proteger. Uma delas, é verificar se a bomba de gasolina está funcionando corretamente antes de começar a abastecer. Outra alternativa, é verificar se o contador de litros está funcionando corretamente. Caso o cliente tenha alguma suspeita de que está sendo vítima de um golpe, deve fazer uma denúncia imediatamente contra o posto de gasolina para as autoridades responsáveis.

O que fazer caso tenha sido vítima do golpe da bomba fantasma

A primeira medida, segundo os especialistas em segurança da Polícia Militar, é comunicar o ocorrido ao posto de gasolina. Além disso, é cabível que o consumidor exija um reembolso pelo combustível que não recebeu. É também de suma importância que a vítima registre um boletim de ocorrência no posto policial mais próximo. Isso ajudará durante a investigação do caso e a identificar os responsáveis pelo crime.

Outra dica é entrar em contato com o seu banco ou financeira. Assim como, solicitar o cancelamento imediato do cartão de crédito ou débito usado por você durante o fato acontecido. Além disso, fazer uma reclamação do Procom pode ajudar também na resolução do caso com o posto de gasolina.

Resposta sobre o caso de Goiás

Os testes de litragem realizados pelo Procon para verificar a qualidade dos combustíveis foram positivos. No entanto, o Procon não conseguiu determinar se algum dispositivo eletrônico foi usado para alterar a quantidade de combustível efetivamente colocada no tanque, o que poderia gerar o efeito-fantasma no equipamento.

Como o Procon não tem autorização para abrir a bomba de gasolina, o caso foi encaminhado à Polícia Civil do estado de Goiás. A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) está investigando o caso, juntamente com outros postos de combustível na cidade que também foram denunciados pela prática.

Fonte: Olhar Digital

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias