Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Funcionário da JBS é preso por furtar ‘pedras de fel’ avaliadas em R$ 2 milhões

Um funcionário da JBS de São Miguel do Guaporé (RO) foi preso por furtar pedras de fel de dentro do frigorífico. O caso foi divulgado nesta quinta-feira (17) pela Polícia Civil, que conduziu a investigação e descobriu o furto milionário de pedras da vesícula do boi.

Segundo o delegado Lucas Alonso Favarin, o funcionário praticava o crime mediante abuso de confiança, pois tinha acesso a essas pedras de cálculos biliares encontrados em bois durante o abate, e comercializadas a um alto preço no mercado internacional.

O produto é usado, por exemplo, na fabricação de medicamentos e para induzir a formação de pérolas em ostras.

O funcionário suspeito já vinha sendo monitorado e foi abordado quando deixava o expediente no Frigorífico JBS, na tarde de quarta-feira (16) em São Miguel. Durante abordagem policial foram encontradas várias pedras de fel e quase R$ 10 mil com o homem.

Logo depois a polícia cumpriu mandados de busca em três endereços do suspeito, sendo que em uma de suas fazendas foi encontrado meio quilo de pedras de fel, várias joias e seis armas de fogo, todas sem registro.

A polícia estima que o funcionário causou um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões com a venda das pedras de fel bovino.

O funcionário preso foi autuado pelos crimes de furto qualificado e porte ilegal de arma. O homem segue na cadeia pública de São Miguel do Guaporé.

Fonte: g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias