Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
quinta-feira, abril 25, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

ATUALIZADA: Homem confessa que matou desafeto durante briga (Vídeo)

Um homem identificado como Jorge Leite Oliveira, 42 anos, foi violentamente assassinado com requintes de crueldade na noite de sexta-feira (01/09), após levar cerca de 7 facadas pelo corpo durante um desentendimento com o assassino que tem 21 anos, na Rua 1º de Maio no bairro Castanheira, zona sul de Porto Velho.

De acordo com base as informações apuradas pela equipe de reportagem, a vítima praticava alguns furtos pela região por ter problema com drogas e teria se envolvido em uma briga com o suspeito, chegando a puxar uma faca para o seu desafeto, no entanto a briga foi na semana passada e pela noite de hoje eles se encontraram e novamente surgiu uma briga, onde novamente ele sacou uma faca dando início a uma luta corporal onde o suspeito conseguiu desarmar a vítima e desferiu várias facadas contra Jorge que mesmo ferido saiu correndo e foi perseguido até a frente da casa onde caiu e novamente levou outras facadas e morreu no local.

A Polícia Militar chegou no local e conseguiu localizar o corpo de Jorge já sem vida e uma equipe do Samu constatou o óbito. O local foi periciado e após a finalização o corpo foi removido pelo rabecão e levado para o Instituto Médico Legal. A PM recebeu informações que uma pessoa havia dado entrada lesionado a faca na mão e que possivelmente poderia ser o autor do homicídio e logo os militares se deslocaram para o local para averiguar a denúncia. O suspeito foi encontrado, onde ele foi indagado sobre o crime e sem pensar muito ele confessou o assassinato, sendo que ele disse que matou para se defender da agressão da vítima.

Ele recebeu voz de prisão e foi levado para emergência do hospital João Paulo II, sendo que teve que receber os procedimentos médicos e depois foi levado para o departamento de flagrantes, onde foi feito o registro de ocorrência policial de homicídio e posteriormente foi entregue para a Polícia civil para as devidas providências cabíveis e ficará à disposição da justiça.

Fonte: Hora1Rondônia

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias