Governo de Rondônia - Institucional
segunda-feira, julho 15, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

PM prende cinco suspeitos, evita assassinatos e apreende armas de grosso calibre em RO

Na noite de sexta-feira, 3, com apoio do Núcleo de Inteligência (NI) da Polícia Militar (PM), a guarnição da Patrulha Reforço efetuou prisão de cinco suspeitos, evitou assassinatos e apreendeu diversas armas de grosso calibre. Racha entre integrantes da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), teria detonado guerra entre faccionados, em Vilhena.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do Extra de Rondônia, a guarnição da Patrulha Reforço foi acionada para prestar apoio ao Núcleo de Inteligência, pois, após um homicídio ocorrido no dia 26 de outubro, onde na ocasião em que Alex Alves foi assassinado em uma distribuidora de bebidas na Avenida Curitiba, no bairro Jardim Primavera, com diversos tiros de pistola .40, o NI da Polícia Militar recebeu informações de que um grupo de criminosos faccionados no Primeiro Comando da Capital (PCC) estaria na cidade para cometer outros assassinatos.

Todavia, informação ainda dava conta que teria ocorrido um “racha” entre os faccionados devido a disputas por pontos de vendas de drogas. Informações apontavam que os autores do assassinato de Alex Alves, eram dois homens identificados pelas iniciais F.R.O.A., e Í. G.B., sendo que ocasião do crime receberam apoio de E.G.S., entre outros, no qual utilizaram um carro de cor branca para auxiliar na fuga e carregar o armamento.

Contudo, os investigadores do NI, receberam informações de que os suspeitos estariam reunidos em um imóvel na Rua Pernambuco, no bairro Industrial Parque Novo Tempo (setor 19), planejando realizar outros assassinatos. Com isso, policiais do NI, passaram a monitorar o local, momento que visualizaram um carro da marca Hyundai HB20 de cor branca com placa de Belo Horizonte – (MG), no qual chegou no local e permaneceu por cerca de 15 minutos e saiu com dois homens, sendo acompanhados por um “batedor” em uma motocicleta da marca Honda, modelo CG 150 Titan, de cor vermelha com placa de Vilhena.

Os veículos seguiram até uma casa na Avenida Mato Grosso, no bairro Embratel, onde fizeram contato com um outro homem identificado posteriormente pelas iniciais M.S.V., e depois se deslocaram para o bairro Vila Operária, local onde provavelmente iriam executar um crime de homicídio.

Entretanto, ao chegarem no bairro, Í.G., desembarcou do carro e subiu na garupa da motocicleta CG, pilotada por F.R., e os ocupantes do veículo passaram a monitorar algumas casas pelas ruas 315, 343, 310 e travessa 347 – enquanto isso, os ocupantes da motocicleta ficaram parados em umas das ruas do bairro, provavelmente esperando o momento certo para executar o crime de acordo com as ordens do motorista do carro.

Diante dos indícios que os suspeitos iriam cometer um assassinato naquele local, os investigadores do NI, acionaram as guarnições de serviço para entrarem em ação e interceptarem os suspeitos.

Todavia, os suspeitos perceberam que estavam sendo monitorados e seguiram sentido a Rua 316 e retornaram em outra formação, sendo que Í.G., retornou para automóvel e F.R., empreendeu fuga em alta velocidade, sendo que o carro foi acompanhando pelos policiais do NI.

Com isso, a guarnição da Patrulha Reforço abordou o carro no cruzamento da Avenida Armênio Gasparian com a Avenida Alípio Ernesto Graebin. O condutor foi identificado pelas iniciais E.G.S., e o passageiro Í.G.B., no momento em que o veículo estacionava, foi possível visualizar o passageiro Í.G., esconder algo no porta-luvas.

Contudo, durante busca pessoal nos abordados, foi encontrado no bolso de E.G.S, um carregador de pistola .40 com sete munições intactas e R$ 87,00 em dinheiro. Também foi verificado que E.G.S., estava usando tornozeleira eletrônica, mas que o equipamento encontrava desligado. Já, no bolso de Í.G.B., foram encontrados um relógio e uma pulseira dourados e uma carteira porta-cédulas contendo seu RG e R$ 50,00 em dinheiro.

Indagados, os suspeitos não souberam informar o motivo de terem tentado evadir da abordagem e a procedência do carregador da arma de fogo. Nas buscas no interior do veículo, foram localizados em cima do banco do passageiro um celular da marca Samsung de cor azul e um Motorola de preto, no porta-luvas foi localizada uma pistola da marca Taurus PT 100 calibre .40 alimentada e carregada com nove cartuchos no carregador e uma na câmara, ou seja, pronta para uso.

Foi constatado também que a numeração da arma foi suprimida e posteriormente modificada, haja vista, que a numeração gravada na arma, referia-se a um revólver da marca Taurus calibre .32 registrado no Sinarm em nome de R.H.H.K.

Ainda durante o registro da ocorrência, os policiais localizaram F.R., piloto da motocicleta e F.V., no qual davam apoio ao grupo.

Ainda durante as buscas foram localizadas uma motocicleta Honda/Bros 160, cor preta placa NEF-9B85, que consta registro de roubo/furto, nove munições calibre .40 – 13 munições calibre 9mm todas intactas, um revólver calibre 38 marca Taurus carregado e municiado com cinco munições intactas, além de dois carregadores de pistola calibre .380, uma pistola da marca Taurus, modelo G2C, calibre 9mm, municiada e outro carregador sobressalente contendo cinco munições.

Os envolvidos receberam voz e prisão e foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil.

Fonte: Extra de Rondônia

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias