Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
domingo, março 3, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Governador Coronel Marcos Rocha viaja até Dubai para participar da COP28

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha (União), viajou para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para participar da 28ª conferência do clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 28.

Nos últimos três anos, o governador Marcos Rocha esteve presente na COP. Este ano, o evento deve durar cerca de duas semanas e tem um peso fundamental para a ação global contra as mudanças do clima.

Durante a passagem pela conferência, o governador de Rondônia já participou de reuniões bilaterais e também de painéis no pavilhão do governo federal brasileiro na conferência.

“[Meu objetivo aqui é] Buscar, atrair investidores. Nós temos investidores, recursos que estão por aqui, por essa área imensa da COP e a gente só precisa dos investidores”, disse o governador à Rede Amazônica.

Um exemplo de busca por investimento citado pelo governador é para o potencial turístico do estado, como o Forte Príncipe da Beira: uma edificação militar construída há mais de dois séculos, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

“O Forte não pertence ao estado, mas eu estou aqui também fazendo proposta porque é de interesse do governo do estado que aquela área vire um grande ponto de turismo. Sabia que ali chegam pessoas do mundo inteiro para visitar? A gente pode ter essa visita ampliada através de um local histórico para o estado de Rondônia”, aponta.

COP-28

A COP reúne 197 países e mais 200 líderes internacionais para discutir e desenvolver soluções concretas para mitigar os efeitos do aquecimento global. O evento inicia na próxima quinta-feira (30) e segue até 12 de dezembro.

A conferência vem sendo realizada anualmente desde 1995 (exceto em 2020, por causa da pandemia) e o termo COP é uma sigla em inglês que quer dizer “Conferência das Partes”, uma referência às 197 nações que concordaram com um pacto ambiental da ONU do início da década de 1990.

Por Rede Amazônica, via g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias