Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
quarta-feira, junho 19, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Acusado de matar travesti a facadas confessa o crime e diz que estava atrás de garota de programa

O homem, acusado pela Polícia de matar a travesti Helen Roma, com golpes de faca, prestou depoimento na última terça-feira (12) e confessou o crime, mas negou que agiu de forma premeditada.

Segundo o criminoso, um ex-militar do Exército, ele e a esposa saíram do Acre para passar o fim de semana em Porto Velho. Após deixar a companheira no hotel, o rapaz disse que saiu em busca de uma garota de programa.

Em uma região popularmente conhecida como ponto de prostituição, no bairro Lagoa, em Porto Velho, ele afirmou que parou o carro e a travestir entrou no veículo, sem permissão. O homem então teria pedido para Helen descer do automóvel e a mesma se recusou, agindo com agressividade.

Ainda segundo o relato do acusado, os dois então começaram a entrar em luta corporal e, ele, armado com uma faca estilo peixeira, desferiu os golpes na vítima. Após o crime, o rapaz fugiu do local, retornando para o Acre no mesmo dia

Imagens de câmeras de segurança, obtidas pela Polícia Civil, mostram o momento em que Helen, já fora do veículo, cai ao solo após os golpes de faca. A travesti morreu na área onde aconteceu o crime.

A Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida (DERCCV), segue investigando o caso.

Fonte: Rondoniagora

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias