Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Porto fluvial que liga Brasil e Bolívia em RO é fechado após embarcação brasileira ser ‘sequestrada’ em protesto

O porto fluvial que liga o Brasil e a Bolívia na cidade de Guajará-Mirim (RO) foi fechado na tarde de sexta-feira (19), depois que uma embarcação, que saía da cidade boliviana de Guayaramerín, foi “sequestrada” por moradores da Bolívia.

📌 O porto é o principal ponto de entrada e saída de pessoas e mercadorias entre os países na região Norte do país.

De acordo com a sócia-administradora do Porto Fluvial, a embarcação, que estava com passageiros, foi parada pelos bolivianos em protesto às ações da Polícia Federal (PF). Segundo ela, ainda há pilotos presos no lado boliviano.

“A polícia apreendeu uma embarcação com coisa ilícita deles e eles, em retaliação, apreenderam uma embarcação brasileira com as pessoas dentro. A gente conseguiu liberar os pilotos, mas [ainda] tem piloto preso. Eles pegaram a embarcação e tentaram colocar fogo e os brasileiros estão lá, ninguém vai e ninguém vem”, explicou a administradora.

Já no fim da noite de sexta-feira (19), a PF confirmou à Rede Amazônica que alguns passageiros, como estudantes, já foram liberados.

Imagens feitas por passageiros brasileiros e trabalhadores bolivianos mostram o momento em que cerca de 10 homens tiram a embarcação de dentro da água (assista acima).

“Enquanto eles não liberarem a embarcação e os pilotos com vida, nada funciona. Temos Polícia Militar, Polícia Federal, Receita Federal e o BFROM, estão todos aqui no nosso porto”, disse a administração do porto.

*Colaborou: Késia Fernanda, Rede Amazônica.
Por g1 RO e Rede Amazônica

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias