Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
terça-feira, junho 25, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Rondoniense pesca jacaré ‘sem querer’ e ‘briga’ para tirar isca presa na boca do animal

Anderson Guedes jogou a isca com a intenção de pegar um peixe, mas o que veio foi algo totalmente inesperado: um jacaré. Para não deixar o animal com o anzol preso na boca, o pescador esportivo rondoniense precisou “brigar” com o jacaré para tirar ele da água.

As imagens registradas do “confronto” inusitado, mostram o jacaré submerso na água, preso após morder uma isca artificial, usada pelo pescador para atrair peixes. O animal chega até a se aproximar do caiaque onde Anderson está e tenta saltar em direção à superfície.

Pescador rondoniense luta contra jacaré para conseguir retirar anzol da boca do animal em rio no Amazonas  — Foto: Reprodução/Anderson Guedes

Pescador rondoniense luta contra jacaré para conseguir retirar anzol da boca do animal em rio no Amazonas — Foto: Reprodução/Anderson Guedes

A aventura aconteceu em 2023 durante uma viagem de Anderson fez no estado do Amazonas. No entanto, o vídeo, que repercutiu na internet, só foi postado em suas redes sociais no início desta semana.

Clique Aqui para Assistir ao Vídeo!

Enquanto isso, o rondoniense segura a vara de pesca e realiza manobras com a ajuda de seus colegas para levar o jacaré para a margem do rio. No vídeo, o pescador explica: “tem levar ele para a parte rasa.”

Na margem, um dos rapazes que participava da pescaria cobre os olhos do jacaré com um pano e “monta sobre ele” para leva-lo até a parte de areia. Com o jacaré em suas mãos, ele remove o anzol e solta o animal novamente na água.

Anderson segura o jacaré com as mãos para conseguir leva-lo até a parte rasa do rio  — Foto: Reprodução/Anderson Guedes

Anderson segura o jacaré com as mãos para conseguir leva-lo até a parte rasa do rio — Foto: Reprodução/Anderson Guedes

“Com todo cuidado conseguimos remover a isca do animal e soltar ele novamente na água. Não deixar o animal com a isca na boca, é muito importante na pesca esportiva. A gente tem essa consciência”, explica Anderson Guedes.

Por Jaíne Quele Cruz, Emily Costa, g1 RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias