Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
quarta-feira, junho 19, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Homem acusado de degolar e arrastar o corpo de Bruna de Oliveira usando corrente é preso, confirma polícia

O homem identificado como Wellington Honorato dos Santos, de 32 anos, suspeito de matar e arrastar o corpo de Bruna de Oliveira, de 24 anos, com correntes em uma moto, foi preso na tarde desta segunda-feira (3), em Nova Maringá, a 392 km de Cuiabá. A informação foi confirmada pelo delegado responsável pelo caso, Bráulio Junqueira.

Segundo ele, uma equipe da Delegacia da Mulher irá até o município para levá-lo até Sinop, onde o crime ocorreu.

Câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito arrasta o corpo da vítima.

Nas imagens, é possível ver o homem em uma moto com Bruna acorrentada pelo pescoço saindo de uma garagem.

Familiares da vítima relataram à polícia que Bruna havia saído com o homem e não foi mais vista. Eles chegaram a entrar em contato com o homem, que disse que deixou Bruna em casa por volta de 22h.

Entenda o caso

Bruna de Oliveira foi morta em uma quitinete e teve o corpo arrastado por correntes em uma moto, no Bairro Primaveras, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. A vítima foi arrastada por cerca de três quadras até uma região de mata, onde foi jogada em uma vala.

Na vala, a polícia encontrou Bruna com uma corrente enrolada no pescoço, presa com um cadeado e com marca de degola.

POR: G1 DO MATO GROSSO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias