Governo de Rondônia - Institucional
quarta-feira, julho 17, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Menor do bando que assassinou motorista de aplicativo de Jaru matou em 2023 Edu, ex-dançarino da banda Swing & Coutry

Um dos jovens de Ouro Preto do Oeste envolvido no latrocínio praticado no último domingo na Linha 04 da RO-470 contra um motorista de aplicativo de Jaru, é o autor do homicídio brutal ocorrido na cidade em fevereiro de 2023, que causou comoção em todo o estado de Rondônia.

O motorista de aplicativo Reginaldo Souza Leite, 42 anos, foi encontrado morto em um trecho do travessão da Linha 04, zona rural do município, ele foi executado com um tiro na nuca. Ao todo, foram presos três adultos, e apreendidos dois adolecentes.

O participante de Ouro Preto assassinou no dia 2 de fevereiro do ano passado Helbio Eduardo Rosa Costa, o Edu, 43, ex- dançarino da Banda Swing Coutry que era figura bastante popular na cidade e na região central do estado, e exercia a função de vigilante no prédio do Fórum da comarca.

Edu foi assassinado em sua casa à Rua Anderson Cabral de Souza, via paralela ao canal do igarapé Ouro Preto onde a vítima residia. De acordo com laudo pericial, ele foi severamente agredido e espancado antes de ser morto por um golpe de faca. Havia muito sangue espalhado no chão da varanda da casa.

O Dançarino e segurança patrimonial Helbio Eduardo Rosa Costa, o Edu, foi severamente espancado pelo menor na madrugada do dia 2 de fevereiro de 2023. Depois, o adolescente desderiu um golpe fatal na vítima.

Um ano e quatro meses depois, o menor é preso, agora adulto, por participação em um crime brutal. A reportagem apurou que o adolescente autor do homicídio de Edu permaneceu internado apenas 10 meses no Centro Socioeducativo de Ji-Paraná (Case), mas agora foi recolhido na Casa de Detenção da cidade.

O site Correio Central publicou à época do homicídio de Edu imagens colhidas pela Polícia Civil em que mostra o menor fugindo da casa da vítima.

O menor que já havia matado, foi apreendido logo pela manhã após a descoberta do corpo, por policiais civis e militares de Ouro Preto do Oeste no conjunto de casas ao lado do Parque Expo Show Norte, na companhia de um indivíduo adulto, de tornozeleira.

Na hora do flagrante, o indivíduo portava na cintura o revólver usado para matar o motorista de aplicativo. Numa casa, foram encontrados pertences queimados em um terreno, e os criminosos revelaram que haviam cometido um latrocínio.

Fonte: Correiocentral.com.br

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias