Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
terça-feira, abril 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Rondônia bate recorde de baixa temperatura, mas frio perde força a partir de sexta

A quarta-feira (14) foi de muito frio para os rondonienses, mas a população de Vilhena sofreu bem mais. A cidade foi a mais fria da região Norte do Brasil, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), mas de acordo com o instituto Climatempo, esse frio já começa deixar a região a partir do fim de semana.

O município do Cone Sul registrou 8°, ficando na frente das cidades de Rio Branco, no Acre, que teve mínima de 10,9°e Boca do Acre, no Amazonas, com 11,3°C.

No ranking nacional, de acordo com o Inmet, entre as 20 cidades mais frias do Norte do país, outras localidades de Rondônia também apareceram. Cacoal registrou mínima de 11,8°sendo a quinta cidade mais gelada da região. Já Ariquemes teve 12, 4°e ficou em sexta posição.

Origem do frio:

De acordo com o meteorologista, Vinicius Lucyrio, do Climatempo, a frente fria que atinge algumas regiões do país tem origem em uma massa de ar frio muito intenso formada na região da Antártida.

“Essa massa veio de lá e passou pela Argentina e outros países da América do Sul, chegando ao Brasil. Ela atingiu principalmente o sul do País, algumas regiões do Centro Oeste e chegou ao Norte, onde Rondônia foi um dos estados mais afetados”, explicou o meteorologista.

No entanto, ainda segundo ele, essa frente fria já começa a perder força a partir do final de semana. Na sexta-feira (16), o Climatempo indica que a temperatura máxima já deve chegar aos 27º, em Porto Velho.

Em Vilhena, a frente fria já começa a ir embora também a partir de amanhã. Segundo o a plataforma, para sexta, a previsão indica sol encoberto pelas nuvens e máximas de 24°.

Ji-Paraná deve registrar mínima de 14°e máxima de 24°. Já em Ariquemes a mínima deve ser de 17°e máxima de 26°.

Fonte: Rondôniagora

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias