Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Triatleta rondoniense viaja para representar o Brasil em mundial na Alemanha

Romper os próprios limites. Foi em busca desse propósito que o triatleta rondoniense Maicon Romano embarcou, no último domingo (9), para participar de um campeonato mundial na Alemanha.

A principal competição da modalidade acontece em Hamburgo de 13 a 16 de julho e deve reunir triatletas de diversos países, como México e Estados Unidos. Romano, como é conhecido em Porto Velho, vai representar o Brasil (e Rondônia) na categoria 30 a 34 anos.

Em entrevista ao g1, o atleta contou como surgiu a oportunidade de participar do ‘Campeonato Mundial Multisport de Triathlon’.

“O mundial acontece todos os anos e tem os rodízios, conforme as etapas do mundial, e aí você tem que classificar no brasileiro e ir somando pontos no ranking. Em 2022 fui campeão em Florianópolis e daí eu tive uma boa pontuação. Com isso, no início de 2023 saiu a convocação de que eu poderia participar do campeonato mundial”, diz.

Mas nem tudo foram flores até aqui. Segundo o triatleta, mesmo sendo indicado pela Confederação Brasileira de Triathlon para participar da competição no exterior, o maior desafio até então foi buscar recursos financeiros para custear a viagem.

“Como a gente é atleta amador, a Confederação não custeia a passagem. Ela só te dá a vaga. Para ir à Alemanha, fui atrás de patrocínio e cheguei a fazer uma rifa também, e por sorte tive uma rede muito boa ajudando na compra da rifa. Alguns parceiros conseguiram me dar um certo valor em dinheiro e a passagem consegui via emenda parlamentar, que digamos que os bilhetes aéreos custam metade do gasto com a viagem. Há ainda os custos com hotel, alimentação, acessórios exigidos pela competição, seguros internacionais exigidos, entre outros”, revela.

Maicon Romano durante competição de natação, 20km de ciclismo e 5km de triatlo — Foto: Facebook/Reprodução

Maicon Romano durante competição de natação, 20km de ciclismo e 5km de triatlo — Foto: Facebook/Reprodução

Esse vai ser o primeiro mundial que Romano participa e, para ele, o sentimento em representar Rondônia no exterior é de gratidão, mas também de extrema responsabilidade.

“A ficha ainda não caiu, porque tudo isso aconteceu em menos de um ano. Deu uma ansiedade na véspera da viagem, mas vamos confiante. Eu treinei, venho treinando desde janeiro, me entreguei, me doei e agora na Alemanha é se divertir, pois acredito que o pior já passou, que foi essa correria de conseguir tudo para estar lá”, afirma.

Romano chegou em Hamburgo na segunda-feira (10), após uma viagem de mais de 30 horas desde que decolou de Porto Velho. Somente na categoria dele são cerca de 80 atletas convocados.

Segundo o esportista portovelhense, o objetivo agora é fazer o reconhecimento de área e se preparar para as provas do mundial, a partir de quinta-feira.

“A preocupação era chegar bem, agora estou reconhecendo o percurso, já que a prova engloba natação, ciclismo e corrida. Também um dos objetivos tem sido se adaptar ao fuso [seis horas a mais em relação ao Brasil] e a temperatura amena, que acredito não ser o vilão para o portovelhense acostumado com calor”, brinca.

Vitória em Florianópolis, em 2022, ajudou Romano em pontuação para o mundial — Foto: Reprodução/Facebook

Vitória em Florianópolis, em 2022, ajudou Romano em pontuação para o mundial — Foto: Reprodução/Facebook

Por Jônatas Boni, g1 RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias