Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Primeira graduanda cega da Unir de Ji-Paraná sonha em trabalhar com inclusão no ensino especial

Luzia Nascimento foi a primeira estudante com deficiência visual a se formar em pedagogia pela Universidade Federal de Rondônia (Unir), campus Ji-Paraná (RO). A colação de grau aconteceu na última quinta-feira (13) e a pedagoga ressaltou os desafios pela falta de inclusão.

Para a estudante, o maior deles foi a falta de espaços e materiais adaptados para o acadêmico que tenha alguma deficiência visual.

“Foram muitos desafios, muitos contratempos e pra mim hoje vai ser uma noite que vai ficar na história por ser a primeira pedagoga cega da Unir. Os desafios são a falta de adaptação, em livros em braile, algumas tecnologias assistivas que chegaram no campus eu já estava concluindo”, contou Luzia.

Luzia Nascimento em sua colação de grau. — Foto: Reprodução

Luzia Nascimento em sua colação de grau. — Foto: Reprodução

Devido aos empecilhos, Luzia se formou em outra turma e concluiu a graduação em sete anos. Ela conta que enfrentou os desafios com a ajuda dos colegas e reforça a importância de não desistir. Para ela, se não deu certo uma vez, é preciso tentar de novo.

“Estou concluindo com a turma de 2018, mas tanto na minha turma quanto na que eu estou colando grau sempre fui bem recebida. Na minha turma tinham dois grupos de colegas que me acolheram, e assim eu fui enfrentando os desafios”, disse a pedagoga.

A recém formada diz que o caminho não para por aí, sua meta agora é fazer uma especialização em psicopedagogia e trabalhar com inclusão no ensino especial.

Por Khauane Farias, Rede Amazônica

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias