Governo de Rondônia - Institucional
Governo de Rondônia - Doação de Sangue
Governo de Rondônia - Institucional
quinta-feira, maio 23, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

‘Sauna a céu aberto’: onda de calor extremo gera memes em Rondônia

A onda de calor extremo sobre Rondônia não impediu que os moradores fizessem piadas com os termômetros nas alturas.

Desde o início da semana, os municípios rondonienses enfrentam altas temperaturas e tempo seco. Na tarde desta terça-feira (22), a máxima chegou a 38°C em Porto Velho, mas a sensação térmica foi de 41°C.

Nas redes sociais, um homem afirmou que mora há 36 anos no estado e, na visão dele, 2023 é o ano mais quente.

E os meteorologistas também defendem que o calor deve ser mais forte neste ano, inclusive a previsão é quebrar recordes históricos para o mês de agosto. Esse calor se deve a uma grande massa de ar quente e seco que cobre grande parte do Brasil.

Um morador da capital rondoniense diz que a sensação é de estar em uma sauna a céu aberto (veja os memes abaixo).

Internauta faz meme com calor de Porto Velho — Foto: Reprodução/Twitter

Internauta faz meme com calor de Porto Velho — Foto: Reprodução/Twitter

Internauta brinca com calor em Porto Velho — Foto: Reprodução/Twitter

Internauta brinca com calor em Porto Velho — Foto: Reprodução/Twitter

Calor em Rondônia vira meme nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

Calor em Rondônia vira meme nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

Calor de Rondônia vira 'zoeira' nas redes sociais — Foto: Twitter/Reprodução

Calor de Rondônia vira ‘zoeira’ nas redes sociais — Foto: Twitter/Reprodução

Calor de Rondônia vira 'zoeira' nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

Calor de Rondônia vira ‘zoeira’ nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

Calor de Rondônia vira 'zoeira' nas redes sociais — Foto: Facebook/Reprodução

Calor de Rondônia vira ‘zoeira’ nas redes sociais — Foto: Facebook/Reprodução

Calor em Rondônia vira meme nas redes sociais — Foto: Reprodução/Facebook

Calor em Rondônia vira meme nas redes sociais — Foto: Reprodução/Facebook

Uma das principais características do ‘Verão Amazônico’ é a diminuição das chuvas e o aumento da temperatura. É durante esse período que o tempo em todo o estado apresenta os níveis mais secos, devido à estiagem

Mas, o que explica todo esse calorão? De acordo com o Meteorologista da Climatempo, Vinícius Lucyrio, dois fatores são responsáveis pelo calor mais intenso que o normal.

“Este ano estamos com dois fatores favorecendo um calor mais intenso do que o normal. O fenômeno El Niño, que contribui com temperaturas acima da média em quase todo o país e a baixa frequência de frentes frias acompanhadas por massas de ar polar”, explicou em vídeo postado nas redes sociais.

De acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), a massa de ar quente e seco ainda predomina sobre o sul da Amazônia, o que dificulta a formação de nuvens carregadas em todo o estado.

Cidades da Região Central do estado, como Ji-Paraná, bem como cidades que fazem fronteira com a Bolívia, como Guajará-Mirim, devem registrar máxima de 38ºC ao longo da semana.

Fonte: g1-RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias