Governo de Rondônia - Institucional
quarta-feira, julho 17, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Mulher que teve casa incendiada pelo ex-marido tinha solicitado medida protetiva há uma semana

A mulher de 46 anos que teve sua casa incendida pelo ex-marido em Jaru (RO), na sexta-feira (13), tinha solicitado medida protetiva contra o suspeito há cerca de uma semana, depois da separação. Antes de atear fogo na residência, o suspeito teria dito que “papel de medida nenhuma iria lhe parar”.

No total, quatro pessoas estavam na residência: a mulher, sua filha e duas amigas. O homem ateou fogo na residência de madeira com as vítima dentro. Ninguém se feriu, mas a casa e todos os pertences da vítima foram consumidos pelo fogo.

Ao g1, a vítima contou o ex-esposo já tinha ameaçado ela e sua filha de 19 anos, por isso as duas solicitaram medida protetiva.

“Eu tô arrasada, perder as coisas da gente não é fácil. Além disso, eu tô desempregada, perder tudo de uma hora para outra é muito triste”, contou.

Vítima teve todos os bens materiais perdidos — Foto: Reprodução

Vítima teve todos os bens materiais perdidos — Foto: Reprodução

Como aconteceu?

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher estava com sua filha e duas amigas quando o suspeito entrou em sua residência alegando que “papel de medida nenhuma iria lhe parar”. Foi quando começou começou a jogar um líquido inflamável sobre o sofá e as paredes.

A vítima acionou a polícia, mas quando a corporação chegou, a casa já tinha sido completamente afetada pelas chamas. O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o fogo que ameaçava as residências vizinhas.

Após deixar o local, os policiais fizeram um patrulhamento para localizar o suspeito, mas ele não foi encontrado. Por volta de 23h do mesmo dia, o homem chegou e se apresentou à polícia como o autor do incêndio.

Por Emily Costa, g1 RO

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias