Governo de Rondônia - Institucional
quarta-feira, julho 17, 2024
Prefeitura de Pimenta Bueno

Um dos traficantes mortos a tiros pela polícia em MT é ex-morador de Rondônia; droga apreendida foi orçada em R$11 milhões!

Na manhã de terça-feira, 5 de março, um ex-morador de Vilhena, identificado como Willian Fagner Royer, de 32 anos, foi morto em um tiroteio com a polícia em uma fazenda a cerca de 60 km da área urbana de Sapezal, Mato Grosso.

Royer, que confirmava ser de Vilhena em suas redes sociais, morava há vários anos em Sapezal, onde trabalhava como corretor de imóveis. Ele havia cumprido pena em um presídio federal após ser preso transportando uma grande quantidade de cocaína e havia ganhado a liberdade há poucos meses.

Infelizmente, o envolvimento de Royer com o tráfico internacional de drogas levou à sua morte. Antes dele, no sábado, 2 de março, outro traficante também morreu em um confronto com a polícia na mesma região.

Segundo o site Folha do Sul Online, o tiroteio começou quando os acusados estavam transferindo a droga de um avião para carros em uma pista clandestina. O jovem baleado e morto naquela ocasião tinha 22 anos e se chamava Rian Custódio do Carmo.

Após o tiroteio, o restante do grupo conseguiu escapar para uma região de mata, incluindo Royer. As guarnições policiais permaneceram na área e fizeram o cerco. Royer foi alvejado, socorrido, mas infelizmente morreu no hospital de Sapezal para onde foi levado.

De acordo com informações obtidas, outros acusados, incluindo o piloto do avião apreendido, que seria um boliviano, continuam escondidos na mata. Com a apreensão da droga e da aeronave, estima-se que o prejuízo ao crime seja de R$ 11 milhões.

PORFOLHA DO SUL ONLINE* EDIÇÕES | PLANETA FOLHA

Mais Lidas

Mais Notícias

spot_img

Últimas Notícias